Opinião

“Daqui a Nada” de Rodrigo Guedes de Carvalho

Como sempre, Rodrigo Guedes de Carvalho não desilude! Mesmo com a sua primeira obra, ainda que, como ele próprio diz, repleta de ingenuidade, mas já representativa de muitos dos traços do autor!

A escrita dele encaixa perfeitamente na minha leitura e o que mais me agrada, é a forma como nos confunde, envoltos na sua leitura, ao trocar de narrador, de tempos verbais, de memórias e de foco! Não, não dificulta a leitura, muito pelo contrário, torna-a dinâmica, fresca, surpreendente! Atinge-nos com o que não estávamos à espera, ataca-nos, quando menos esperamos, com a franqueza das suas personagens, que é também a de cada um de nós, e a do próprio autor!

Rodrigo Guedes de Carvalho será, muito provavelmente, o melhor autor masculino a falar no feminino. Não se limita a revelar o que poderiam pensar, como poderiam agir, muito pelo contrário, navega nas profundezas de um feminismo assumido, de tal forma que nos faz questionar o género de quem escreve (digo eu enquanto penso se, em pleno séc. XXI, esta questão ainda faz sentido colocar!). Mas do que fala este livro? Podem perguntar-me agora! Pois, fala da vida, da vida destas personagens que, mais uma vez, é também a nossa e é também a de quem as escreve! A mim, nunca me importam os enredos, as “sinopses”, um livro que se sustente pelo enredo não me alimenta. O que eu gosto de ler tem mais que ver com a inevitabilidade da vida, o âmago do ser humano nu, independentemente da situação em que se coloca. E o que RGC faz nos seus livros é essa exposição de uma forma que é tão ou mais poética que muitos poetas que já li!

Daqui a Nada é mesmo isso; daqui a nada! Sobre o nosso questionar sobre o futuro, dando-o por garantido, porque o Daqui a Nada vai estar sempre lá: Até não estar! Daqui a Nada discorre sobre o que acontece com o agora quando o adiamos constantemente!

E, depois depois de o ler Rodrigo Guedes de Carvalho pela terceira vez, só tenho um conselho para vos dar: não esperem por Daqui a Nada para o conhecer.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.