Agora Cronico Eu

Ia ver o debate entre Trump e Biden mas só aguentei 1 minuto

Não contava escrever crónica hoje, mas ontem foi o último debate entre Trump e Biden antes das eleições presidenciais norte-americanas e queria ver tudo, mas a verdade é que só aguentei o primeiro minuto. Trump abre o debate anunciando que, dentro de umas semanas, a vacina contra o “vírus que veio da China” vai começar a ser distribuída pelos militares. Afirma a segurança e eficácia da vacina, sendo que ele próprio a tomou, tendo sido recentemente diagnosticado pelo plano maléfico da China para destruir os Estado Unidos da América, e que, não só melhorou como ficou imune. Heil Trump. Faltam 11 dias para as eleições e a notícia já vem tarde, visto que, com receio do vírus, uma grande parte da população decidiu votar antecipadamente, evitando desta forma ajuntamentos desnecssário. Mas, se for reeleito, talvez que Trump possa aproveitar o armamento militar para disparar as vacinas em vez de confettis: sempre serve para alguma coisa e não polui o ambiente: Toma, China!, engulam o vosso vírus e a vossa camada de ozono.

Ainda no campo da pesquisa científica de alta qualidade, a Porto Editora lançou um livro de duas autoras que, curiosamente, têm o mesmo nome: Doutora e Doutora, chama-se “Viva a Vagina” e promete desmistificar o órgão sexual feminino de forma simples e celebratória  (julgo que não traz confettis nem vacinas), segundo comunicam Doutora e Doutora num bilhetinho dirigido aos leitores da Wook. No entanto o título original é bem mais interessante, “The Wonder Down Under” e fiquei a pensar se não podia ter sido inspirado na canção “Down Under” de Men At Work, que é também uma celebração, neste caso à Austrália, conhecida como “Land Down Under” e que foi escrita para firmar a verdadeira origem do país que se vai esquecendo no meio da rápida evolução.

“Do you come from a land down under / Where women glow and men plunder / Can’t you hear, can’t you hear the thunder / You better run, you better take cover”.

Se quiserem comprar o livro “Viva a Vagina” podem fazê-lo através do meu link de afiliado Wook.

Para ler mais crónicas é só clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.