Sugestões de Leitura

Textos Dramáticos

Esta lista de textos teatrais não é exaustiva e está longe de ser a que julgo ideal, mas n’algum ponto temos de parar, por isso decidi deixar sugestões que atravessassem a história do teatro, desde a Grécia Antiga até aos nossos dias, destancando as obras mais importantes e, também, as que mais gostei, centrando-me no contemporâneo.Sei que não é fácil encontrar estas peças à venda, algumas delas não estão traduzidas para português, mas se quiserem alguma em específico, eu posso tentar ajudar. Se quiserem outras sugestões também, podem contactar-me.

 

“Sete Contra Tebas” de Ésquilo

“Hipólito” de Eurípides

“Fedro” de Platão

Gil Vicente é Gil Vicente!

“Everyman” de Peter Van Diest

“Fedra” de Jean Racine

“Dom João” de Moliére

“O Avarento” de Moliére

“Escola de Mulheres” de Moliére

de William Shakespeare

Shakespeare é Shakespeare, mas aconselho “Otelo”, Rei Lear” e “Macbeth”

“A Castro” de António Ferreira

“A Casa de Bernarda Alba” de Ferderico Garcia Lorca

“Casa de Bonecas” de Henrik Ibsen

“O Pequeno Eyolf” de Henrik Ibsen

“Um Auto de Gil Vicente” de Almeida Garret

“Ivanov” de Anton Tchékhov

“A Gaivota” de Anton Tchékhov

“Tio Vânia” de Anton Tchékhov

“Mãe Coragem” de Bertolt Brecht

“A Vida de Galileu”  de Bertolt Brecht

“O Jogo do Fim” de Samuel Beckett

“Dias Felizes” de Samuel Beckett

“À Espera de Godot” de Samuel Beckett

“Seis Personagens À Procura de Um Autor” de Luigi Pirandello

“Felizmente Há Luar” de Luís de Stau Monteiro

“A Cantora Careca” de Eugene Ionesco

“Os Rinocerontes” de Eugene Ionesco

“As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant” de Rainer Werner Fassbinder

“Gata em Telhado de Zinco Quente” de Tenessee Williams

“Subitamente, no Verão Passado” de Tenessee Williams

“Um Eléctrico Chamado Desejo” de Tenessee Williams

“A Morte de Um Caixeiro Viajante” de Arthur Miller

“A View From the Bridge” de Arthur Miller

“Fences” de August Wilson

“A Ronda” de Arthur Schnitzler

“The Blue Room” de David Hare

“O Amor de Fedra” de Sarah Kane

“The Real Thing” de Tom Stoppard

“Cão Morto em Tinturararia: Os Fortes” de Angélica Liddell

“Lesiones Incompatibles com la Vida” de Angélica Liddell

“Hysterica Passio” de Angélica Liddell

“A Minha Mulher” de José Maria Vieira Mendes

“Onde Vamos Morar” de José Maria Vieira Mendes

“Como Cozinhar uma Criança” de Afonso Cruz

“Como Ela Morre” de Tiago Rodrigues

“Sopro” de Tiago Rodrigues

“Nada de Dois” de Pedro Mexia

 

Livros de Teoria

“O Paradoxo Sobre o Comediante” de Diderot

“O Teatro e o Seu Duplo” de Antonin Artaud

“A Compra do Latão” de Bertolt Brecht

“Tchekov em Cena” de Luís Varela

“A Criação de Um Papel” de Konstantin Stanislávski

“A Preparação do Ator” de Konstantin Stanislávski

“A Cosntrução da Personagem” de Konstantin Stanislávski

“O Teatro Épico” de Ana Rosenfeld

“The Theatre of the Absurd” de Martin Esslin

“O Teatro das Décadas de Oitenta e Noventa” da Fundação Calouste Gulbenkian

“A Arte e a Revolução” de Richard Wagner

“Dramaturgia de Hamburgo” de Gotthold Ephraim Lessing

 

“Desavergonhadamente” de Suzana Borges  é um livro que reúne testemunhos de vários actores portugueses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.