Passeio da Fama

  • A Veia da Minha Bílis,  Opinião,  Passeio da Fama

    “Catch 22” de Joseph Heller

    Joseph Heller nascido em Brooklyn, em 1923, é considerado um dos mais importantes escritores da literatura americana. Em 1961, publicou “Catch-22”, inspirado na sua experiência durante a Segunda Guerra Mundial – entrou para a Força Aérea Americana e aos vinte anos e foi enviado para Itália, onde voou em 60 missões de combate num bombardeiro B-25. Depois da guerra, Heller formou-se na Universidade de Colúmbia, e recebeu, em 1949, uma bolsa da Universidade de Oxford, onde permaneceu entre 1949 e 1950, trabalhou como professor de Inglês na Universidade de Pensilvânia (1950-1952), como redator de publicidade para as revistas Time (1952-1956) e Look (1956-1958) e como editor da McCall’s. Enquanto isto…

  • Passeio da Fama

    “Órfãos de Brooklin” de Jonathan Lethem

    “Órfãos de Brooklin” de Jonathan Lethem é muito mais do que um policial, e isso pode parecer tão estranho quando o autor aconselhar a visitar a página da wikipédia a quem queira consultar sua biografia – podem encontrá-la aqui.   Cruzei-me com  “Órfãos de Brooklin” (“Motherless Brooklin” no original) num dos grupos de vendas de livros no Facebook. Tinha lido recentemente dois livros sobre São Francisco que me trouxeram à memória alguns documentários sobre pontes (eu tenho um fascínio por pontes e, embora não perceba nada de engenharia, gosto de tentar entender as suas construções), por isso quando vi a capa com a imagem da ponte de Brooklin achei que…