• Made In English,  Opinião,  Sugestões de Leitura

    “Your Fathers, Where Are They? And the Prophets, Do They Live Forever?” de Dave Eggers

      Oh, Eggers, Eggers, que bem me fazes tu!   Para quem não conhece Dave Eggers, tenho uma pequena introdução na opinião que fiz sobre “A Heartbreaking Story of Staggering Genious”, o primeiro livro da sua carreira de escritor. “Your Fathers, Where Are They? And the Prophets, Do They Live Forever?” aparece 14 anos depois. Este é um livro cujo personagem principal, Thomas, procura respostas sobre o mundo a partir de um evento específico, a morte do seu melhor amigo. Para isso,conversa com várias pessoas que de alguma forma fizeram parte da sua vida ou estiveram relacionadas com o evento, desde um astronauta, ao médico responsável do hospital na noite…

  • Sugestões de Leitura

    Textos Dramáticos

    Esta lista de textos teatrais não é exaustiva e está longe de ser a que julgo ideal, mas n’algum ponto temos de parar, por isso decidi deixar sugestões que atravessassem a história do teatro, desde a Grécia Antiga até aos nossos dias, destancando as obras mais importantes e, também, as que mais gostei, centrando-me no contemporâneo.Sei que não é fácil encontrar estas peças à venda, algumas delas não estão traduzidas para português, mas se quiserem alguma em específico, eu posso tentar ajudar. Se quiserem outras sugestões também, podem contactar-me.   “Sete Contra Tebas” de Ésquilo “Hipólito” de Eurípides “Fedro” de Platão Gil Vicente é Gil Vicente! “Everyman” de Peter Van…

  • Made In English,  Sugestões de Leitura

    Desafio Made in English

    Ao longo do último semestre de 2020 cheguei aos Estados Unidos da América, país cuja literatura ainda desconhecia, além de uns nomes sonantes, como Paul Auster, David Foster Wallace, Bukowski (embora com nacionalidade alemã), entre outros… Mas foi com Dave Eggers que me fascinei e decidi que era hora de começar a explorar o que o outro lado do Atlântico tinha para oferecer em termos literários. E, fui surpreendida de tal forma, que decidi integrar este desafio na minha lista. Apesar de ser Born in USA, e que me desculpem os seus nativos, mas irei integrar também alguns nomes canadenses, como Margaret Atwood. Aproveitando a boleia, e porque a maioria…