• Clássicos e Ícones,  Made In English,  Opinião

    “Flowers for Algernon” de Daniel Keyes

    Não há muitos livros que eu aconselhe, sem receio, toda a gente a ler. Mas “Flowers For Algernon” é um deles sem dúvida alguma. Além de ser um livro magistralmente bem escrito, na minha opinião é impossível sair-se dele ileso. Algernon é um rato de laboratório que é submetido a uma cirurgia ao cérebro para aumentar o seu QI – na realidade depois de várias experiências noutros animais, é o primeiro no qual a cirurgia resulta. Charlie é um deficiente mental com um QI de 68 e o primeiro ser humano a ser submetido à mesma experiência depois dos resultados de sucesso obtidos com Algernon. Charlie é o escolhido porque,…

  • Made In English,  Opinião

    “On The Road, the original scroll” de Jack Kerouac

    “On The Road, the original scroll” tinha tudo para ser uma leitura maravilhosa e é por isso mesmo que ainda hoje não entendo porque não o foi. Tem todos os elementos que me fascinam: é auto-biográfico, não obedece a regras formais da literatura, parece escrito de um fôlego, numa corrida atrás das memórias para que elas não se diluam no irreal, sentimentos à flor da pele, personagens transtornadas, à procura delas mesmas, sem finais, muito menos felizes. O cenário idílico para me perder numa leitura que deveria ter sido arrebatadora, mas que ainda hoje não consigo descortinar o que foi para mim.   Jack Kerouac nasceu em Massachusetts em 1922,…

  • Agora Cronico Eu

    Todos os anos que te escrevo, parece que não estás cá!

    dizes que és para todos, no entanto és-me mais impermeável que o maior guarda-chuva. guarda-vento. guarda-tenda. cata-vento. pára-brisas. pára-raios. raios te partam. clamas que seres é uma questão e por isso exiges que seja eu a responder por ti. não quero. cansei. sofri. chorei. pesei. também ri. despi. desnudei. senti. mas a que custo? achas que está sempre tudo bem. não há certo nem errado, mas minas-me a cabeça de egocentrismo. vão gostar? vão odiar. vão perceber? isso não se ouve lá de trás. porque é que me preocupa o que as outras pessoas pensam? quero tanto que gostem de mim. é o texto? é a cena? o ovo ou…